Curiosidades sobre o papelão

Você sabia que o papelão ondulado é usado há mais de 100 anos, e que foi inventado para transportar alimentos frescos à longas distâncias durante a revolução industrial?

A revolução industrial deu inicio ao conceito de fabricação em massa, e com a  aceleração do processo de produção de bens de consumo, surgirão grandes invenções como o papelão. O primeiro uso conhecido do papelão ondulado foi descoberto por dois ingleses, Healey e Allen, e eles obtiveram a patente para o uso como proteção interna de chapéus.

Avançando um pouco na linha do tempo,  em 1903 um produtor de cereais conseguiu aprovação oficial quando usou, pela primeira vez, uma caixa de papelão ondulado em parede simples no formato capa/miolo/capa, para embalagens de transporte.

No Brasil,  a primeira fábrica de papelão ondulado  foi fundada em 1935 pelos senhores João Costa e Ribeiro, que introduziram no nosso mercado o ondulado parede simples, que até então era importado da Alemanha. Em 1952 foi constituída a FEFCO – European Federation of Corrugated Board Manufacturers e em 1974 foi fundada no Brasil a ABPO – Associação Brasileira do Papelão Ondulado. Apenas no período de 1970 à 1974 a ABPO apontava que a produção de papelão ondulado no Brasil aumentou de 220 mil toneladas para 500 mil.

Hoje em dia, há mais de dois séculos desde a invenção, muitas mudanças ocorreram. Houve melhoria de matéria-prima, equipamentos, processos de produção e técnicas de impressão no papelão ondulado. Outro avanço importante foi a possibilidade de variação no número de gramatura do papelão ondulado, o que deixou este material cada vez mais versátil e adaptável para cada tipo de necessidade de uso.

 

Anúncios

Criatividade em forma de papelão

Você sabe o que fazer com aquelas caixas de papelão usadas que já estão desgastadas? Veja alguns exemplos criativos de como reaproveitar caixas pequenas, caixas médias e grandes, e dar nova utilização a esse material tão versátil.

casinha papelãoCasinha de papelão,  feita com uma caixa grande de papelão e fita adesiva.

b09b384ced391f7e8b0683213afd717b      Iluminaria,  feita com uma caixa de papelão média em formato de pentágono.

1360c9da13ff35d62d60d30239ed9144Suporte para celular e carregador, feito com caixa de papelão média e revestimento em tecido estampado.

Brinquedo papelão Jogo de golf, feito com uma caixa de papelão grande recortada e decorada.

Viu? Com apenas alguns adereços e ferramentas simples é fácil encontrar utilidade para as diversas caixas de papelão. Você pode usar caixas comuns, caixas de correio, grandes, pequenas, basta usar as mãos e a imaginação.

O papelão e suas curiosidades

Você sabia que o papelão é considerado o tipo mais resistente e grosso entre todos os tipos de papéis?

Por este motivo é que ele é tão utilizado para fabricação de caixas e dispositivos que armazenam diversos materiais, desde alimentos, roupas até os eletrodomésticos de médio porte.

A composição e estrutura do papelão

Assim como os outros papéis, a sua composição básica se dá através de fibras da celulose, que podem ser recicladas ou não. Existem basicamente dois tipos de papelão: o papelão liso e o papelão ondulado. O mais utilizado é o papelão ondulado  e este tipo de papelão também pode ter variações conforme a quantidade de camadas e as ondas. A variação mais comum do papelão ondulado é composta de três camadas, duas camada mais externas que tem função de proteção e revestimento e a camada intermediária, que é a mais volumosa e também é conhecida como” miolo” ou “enchimento”.

Quem inventou o papelão?

 Os ingleses Healey e Allen obtiveram uma patente para o primeiro uso conhecido de papelão ondulado em 1856.  O processo feito por eles foi de alimentar o papel um a um em uma máquina de mão simples feita de 2 rolos corrugados. O resultado foi um papel corrugado e agradável e a primeira aplicação deste papel foi no forro de chapéus daquela época.
Foi apenas em 1871 que o o papelão ondulado foi utilizado para empacotamentos pelo americano um Albert L. Jones,  ele obteve uma patente para o uso do papelão ondulado para embrulhar artigos frágeis como garrafas. Já em 1874 outro americano aperfeiçoou o uso do papelão, foi Olivier Long que patenteou o conceito de unir uma folha lisa a um papel corrugado, para fortalecer esse material.

Mas foram os europeus que produziram as primeiras máquinas de produção de papelão ondulado a nível industrial. A primeira onduladeira foi desenvolvida por Jefferson T. Ferres da Sefton CIA. em 1895.